Imagem capa - A FILMAGEM DE CASAMENTO ESTÁ DIFERENTE! por Alexander Cavalcanti
Dicas

A FILMAGEM DE CASAMENTO ESTÁ DIFERENTE!

Produtores se reinventam e trazem nova versão ao vídeo de casamento.


Quando se fala em filmagem de casamento logo vem à mente aqueles vídeos longos, chatos, sem graça e cansativos. A maioria dos noivos nem pensam em filmagem na hora dos preparativos. Essa impressão ganhou espaço na mente das pessoas por conta da forma enfadonha em que os filmes eram feitos. Em suma o casamento era filmado por inteiro, o que incluía cerimonia e festa, acrescentava-se uns títulos, fundos musicais e pronto! Lá estava um vídeo longo e chato! Mas, as coisas mudaram muito! Os produtores Wallace e Marlúcia Agualuza, da empresa Wallace Agualuza filmes, estão há 3 anos no ramo de filmagem focada em casamentos e contam um pouco sobre a nova era dos vídeos de casamento.


Segundo eles os produtores evoluíram e estão oferecendo vídeos muito mais dinâmicos e agradáveis de se assistir. A filmagem deve registrar toda a emoção daquele momento que é único. “Hoje um vídeo de casamento dura cerca de 30 ou 40 minutos e termina com gostinho de quero mais. Isso é o bacana! ”, explica Wallace Agualuza. Marlúcia acrescenta que os vídeos não devem só registrar o momento, mas contar a história do casal incluindo, inclusive, o pré wedding, onde o casal conta como se conheceu. Na opinião dela a tendência é que os vídeos de casamento fiquem cada vez mais pessoais e intimistas. “A história que permeiam aquele relacionamento até o dia do casamento deve ser contada. Como foi a escolha da data, das alianças, a importância de alguém em especial na história dos noivos. Essas histórias dos bastidores do casamento enriquecem a filmagem porque são histórias lindas! ”, relata Marlúcia.



Wallace e Marlúcia reforçam a regra de ouro que vale para qualquer serviço que você for contratar: busque informações e referências sobre o profissional ou empresa a ser contratada. Pesquise no site Reclame aqui. Verifique se é um profissional idôneo. Quais são as avaliações dadas a ele nas mídias sociais? Qual equipamento ele usa? Como armazena o arquivo? Pergunte sobre como é feita a captação do áudio. Procure saber se os profissionais que vão editar o vídeo são os mesmos que filmarão o casamento. Isso confere uma identidade única ao trabalho.


Todas essas informações fazem diferença inclusive no preço dos serviços. “Às vezes o profissional tem um preço mais barato, mas não oferece garantia e segurança. Então, cuidado! Nem sempre o mais barato é melhor! ”, alerta Wallace.


E concluem aconselhando: “Não busque apenas cinegrafistas e sim pessoas que acreditam no amor, na família e que vão se preocupar em transmitir a emoção do casamento. O vídeo não pode ser apenas o registro do dia e sim um filme que vai contar uma história de amor”.